VISUALIZAÇÕES

01 novembro 2015

Martin Luther King:"Não sou quem eu gostaria de ser. Não sou quem eu deveria ser. Ainda não sou quem poderia ser. Mas, graças a Deus, não sou mais quem eu era."